sábado, 27 de setembro de 2014

Cobogó

O cobogó é uma invenção pernambucana, que se chama assim porque é derivado dos nomes dos 3 engenheiros que idealizaram a invenção: Amadeu Oliveira Coimbra, Ernest August Boeckmann e Antônio de Góis. O nome assim é Co de Coimbra, Bo Boeckmann, e Gó de Góis, cobogó. Normalmente feitos em cimento, os cobogós são elementos vazados que completam paredes e muros para possibilitar maior circulação de ar e luminosidade ao interior de estabelecimentos, sejam eles residenciais, comerciais ou industriais. Eu menina gostava de ficar no cobongó em casa de minha mãe pra ver o que se passava do outro lado, nos dias de calor eram muito uteis, mas haviam varias variações de nome para esse elemento de construção.
Esses dias visitei uma amiga que mora em uma dessas casa antigas, as poucas que restam por aqui e fiquei encantada com os exemplares que tem em sua residência. E nas voltas que o mundo dá, aqui e acolá a gente descobre coisinhas boas e pequenas frechas que fazem o vento entrar pela parece vazada trazendo frescurinhas e noticias boas.

Um comentário:

  1. Só agora vi/li seu cobogó. Além da aula que passa por arquitetura, geometria e história, ainda nos remete à nostalgia das construções de um passado já não tão próximo. E com a leveza de sempre nos deixa flutuando pelo texto feito com as plumas de sua alma.

    ResponderExcluir