sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Passarinho

O Ondjaki disse que: "O canto dos pássaros altera a música da primavera". Já a Tulipa Ruiz tem uma música que fala: "A ordem das árvores não altera o passarinho". O meu caçula achou um tal de néctar para beija flor na loja de ração. Trouxe e pendurou a mistura diluída em água numa vasinho especial. Agora os beija flor fazem a festa na pitangueira. Até um cardeal apareceu esses dias. E o amanhecer é uma festa de saudação ao astro rei.E vez por outra um invade a casa, assim se achando o dono do pedaço e vai ficando, mesmo com os gatos por aí.


E nas voltas que o mundo dá, aquela máxima de que é cuidando do jardim que os pássaros vêm, tá valendo e as borboletas também estão chegando, são os sons, as cores e as formas da primavera.

Um comentário:

  1. "A ordem das árvores não altera o passarinho". Isto serve à humanidade, Ana Débora. E, parafraseando o grande Mário Quintana, me arvoro a dizer: Nós passaremos, eles passarinhos!

    ResponderExcluir