segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Construção

O meu teólogo preferido Riobaldo, disse que estamos em constante construção. Eita processo complicado! Dizem que a gente cria os filhos para o mundo, mas eu queria proteger os meus dessa frieza que o mundo é. Meu grandão se prepara para fazer um curso fora do país, o meu coração está minguado, uma confusão de emoções, feliz por suas conquistas, triste pela eminencia da distância. Não gosto dessas coisas, mas aí me lembro que já fiz minha mãe passar por isso. Também saí de casa comecei a minha construção.
E nas voltas que o mundo dá, a gente não pode cortar as asas de quem está pronto pra voar. Vou me acostumando aos seus voos cada vez mais longos. E vou juntando os tijolinhos de afeto na construção de um ser que conquista aos poucos a liberdade de ser.

Nenhum comentário:

Postar um comentário