quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Civismo

Existiu um tempo onde se desfilar no dia sete de setembro era uma honra. Me lembro que em dias como o de hoje, havia lanche especial pra todo mundo, tinha uma preparação com as representações e roupas que eram feitas com antecedência para que a gente pudesse desfilar pela cidade, tinha uma série de ensaios dias antes pra ninguém fazer feio. Na escola a gente sempre cantava o hino nacional, tinha que saber de cor, e a bandeira era estiada, havia um certo orgulho de ser brasileiro.

Eu, só não sei o ano

Hoje os tempos são outros, quase ninguém sabe cantar o hino nacional, a história foi violentada, esquecida e o civismo já não é tão importante, os exemplos dos políticos atuais nos deixam com vergonha do nosso povo e do mundo que nos ver com olhos de malicia, as escolas já nem fazem mais desfile como antes, cadê o brilho do orgulho nacional? Com tantos escândalos fica complicado ensinar as nossas crias o que é ter orgulho de um país que é constantemente violentado por aqueles que deveriam ser nossos defensores. E nas voltas que o mundo dá, hoje não vejo lá muita coisa pra comemorar, mas muito a ser trabalhado nas escolas e nos lares, a criação e revitalização dos valores que foram perdidos. Desculpa Brasil, mas você é um gigante que precisa acordar urgente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário