quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Esperança

Gosto de caminhar, e levar meus olhos para vagarem pelas paisagens, mas há tanta degradação que o coração fica aflito. Ontem, observei uma área nobre da cidade onde já foi um bosque e hoje se encontra um verdadeiro cemitério de troncos. Dizem que os moradores reclamavam da falta de iluminação e do risco de assaltos. A solução encontrada pela prefeitura da atual gestão foi desmatar o bosque, que continua sem iluminação e o mesmo risco de assalto. Me pergunto onde vai nos levar a mentalidade humana.

Era uma vez um bosque no bairro recreio

Enquanto isso, a gente ver a futura geração sendo mais cuidadosa com os animais e o meio ambiente, e a esperança ressurge no coração. Mateus encontrou uma lagartixa machucada e resolveu cuidar dela até está pronta pra correr pelas paredes e as árvores, e logo mais a noite ela saiu pra goiabeira "viver a vida" como diz ele.

A nova amiga

Livre outra vez
E nas voltas que o mundo dá, a próxima geração fará a diferença, por que mais importante que o mundo que a gente deixa é a geração preparada que o mundo vai herdar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário